sábado, 21 de abril de 2012

CHARGE DA NOITE DE SÁBADO


FUTEBOL - A rivalidade começa bem cedo


Atual Situação Política de TRIZIDELA DO VALE


PRESIDENTE AFRICANO casa pela quarta vez, ao lado de outras esposas

O presidente da África do Sul, Jacob Zuma, se casou pela quarta vez na última sexta-feira, em uma cerimônia que contou com a presença de suas três outras esposas.


Aos 70 anos, Zuma se casou em uma cerimônia tradicional, vestindo peles de leopardo e carregando uma lança típica da tribo zulu, à qual pertence.

Segundo autoridades, os custos do casamento e da festa, que durará todo o final de semana em KwaZulu-Natal (leste do país), foram arcados pelo presidente.

A nova mulher de Zuma, Bongi Ngema, já vinha acompanhando o presidente em diversas visitas oficiais há anos. O casal já tem inclusive um filho de sete anos.

VEJA a relação dos Deputados e Senadores que NÃO assinaram a CPI do CACHOEIRA

O Congresso Nacional divulgou a lista dos 396 deputados e 72 senadores que assinaram o requerimento para criação da CPI mista para investigar as negociações de políticos com o empresário e bicheiro Carlos Augusto Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira.


Dos 18 deputados da bancada maranhense, apenas cinco não assinaram a CPI, dentre eles o pré-candidato a prefeito por São Luís, Edivaldo Holanda Júnior. Dos três senadores, somente Epitácio Cafeteira assinou o documento. Veja abaixo quem assinou e quem não assinou a CPI:



ASSINOU
Alberto Filho
Carlos Brandão
Costa Ferreira
Domingos Dutra
Francisco Escórcio
Hélio Santos
Lourival Mendes
Pedro Novais
Professor Sétimo
Pinto da Itamaraty
Sarney Filho
Simplício Araújo
Waldir Maranhão

NÃO assinou
Cleber Verde
Davi Alves Silva Júnior
Edivaldo Holanda Júnior
Nice Lobão
Zé Vieira

Senadores que NÃO assinaram
Clóvis Fecury
Lobão Filho

SOM RUIM e interrupções marcam show curto do Megadeth no MOA

Apresentação do grupo encerrou problemático primeiro dia do festival. Voz de Dave Mustaine era baixa e o grupo tocou poucas músicas.

Responsável pelo show de encerramento do conturbado primeiro dia de Metal Open Air, o Megadeth não fez um show capaz de fazer o público relevar os vários inconvenientes registrados ao longo desta sexta-feira (20). A apresentação da banda de Dave Mustaine foi marcada pela péssima qualidade sonora, pelas interrupções – improdutivas – para resolver esta questão e, por fim, pela brevidade. O conjunto, um ícones do heavy metal, esteve no palco Cliff Burton, um dos dois principais do evento de São Luís, durante 60 minutos, período em que executou cerca de dez números – as paradas dificultaram a contagem.

Dave Mustaine, líder do Megadeth, durante a apresentação 
da banda no Metal Open Air
Ao término, o público reclamava muito porque, não raramente, entre uma música e outra os integrantes do Megadeth saíam de cena. A primeira vez em que isso aconteceu foi após a terceira canção do show, que começou à 1h35 da manhã deste sábado, com cerca de duas horas de atraso, a exemplo do que ocorrera com a maioria das atrações anteriores (as que não cancelaram).

Com pouco mais de cinco minutos de show, Mustaine explicou ao microfone que tinha um problema na guitarra, justificando a interrupção.

Aparentemente, ele não se dava conta de que sua voz era pouquíssimo audível durante as músicas: ele só se fazia claro, até ali, nos instantes em que falava, o que não se repetia quando era a hora de cantar. Embora, nas apresentações que precederam o do Megadeth tenham havido eventuais problemas com a equalização do som, não se pode dizer que o volume comprometesse – e foi justamente esse um dos traços marcantes do grupo de encerramento.

O líder do grupo, contudo, não fez qualquer manifestação vigorosa. Ao menos quando se dirigia a seus fãs, Mustaine soava tranquilo. Após a parada que sucedeu a quinta música, ele chegou a comentar que, caso aquela tentativa não resultasse, ele usaria um violão. Se não soava indiferente à equivocada equalização dos instrumentos, também não fez menção de qualquer protesto que pudesse incitar a plateia a protestos mais veementes.

Cena constante no show do Megadeth: Mustaine deixando 
o palco em função de problemas no som
Uma plateia que, pouco a pouco, ia se dispersando, conforme a apresentação avançava. Visivelmente, no início do show, aquele era o maior público do festival até ali, e ele vinha sendo bem tratado pela atração principal. Quando terminou a segunda música, Mustaine falou: “Boa noite. Bem, eu amo vocês! Estão se sentindo bem? É minha primeira vez em Sã Luís”.

A empolgação, no entanto, não tardou a diminuir, sobretudo por conta das pausas que viriam: a partir de certa altura, não se podia mais assegurar se elas se deviam a questões do som ou já estavam no script, tantas foram – quase entre todas as músicas.

Às 2h25 da manhã, Mustaine diz ao microfone: “Obrigado, boa noite!”. Três minutos adiante, a banda voltava para mais três músicas. Às 2h35, as últimas palavras: “Obrigado, obrigado. Foi um prazer, Brasil”. E então, como já fizera em sua passagem anterior pelo país, em novembro passado, no festival SWU, em Paulínia, no interior de São Paulo, Mustaine permanece um tempo no palco, despedindo-se, acenando, agradecendo e jogando seus tradicionais adereços. Os fãs retribuem com aplausos. No SWU, porém, ele sintomaticamente passou mais tempo dirigindo-se à sua audiência.

Charlie Sheen e principal banda do MOA são oficialmente cancelados

Rock N Roll All Stars diz que não irá ao evento ‘por questões de segurança’ 
‘Ouvimos relatos de que o evento é perigoso e um desastre’, diz nota.

Uma nota oficial divulgada pela assessoria da banda Rock N Roll All Stars na manhã deste sábado (21) confirma que o supergrupo que seria a maior atração do Metal Open Air (MOA) e que inclui a apresentação do ator Charlie Sheen não vai mais ao festival, em São Luís, no Maranhão. Esta é a oitava atração do festival a anunciar oficialmente seu cancelamento. Na sexta (19), a mulher de Gene Simmons, que é do Kiss e toca na banda, já colocava a performance em dúvida.

Um dos organizadores do festival, Marcelo Caio, declarou que não pagou o cachê do combo Rock N Roll All Stars e Charlie Sheen na data combinada. Mas, de acordo com o comunicado enviado pela banda, o cancelamento e relato de outros artistas pesou na decisão.

“O Rock N' Roll Allstars está triste de anunciar o cancelamento da apresentação no Metal Open Air Festival em São Luís, no Brasil. Lamentamos não poder comparecer. Estamos na América do Sul e prontos para o rock, mas as circunstâncias estão além de nosso controle: fomos informados antes de nossa viagem que muitos outros artistas desistiram dos shows, além da segurança local. Estamos muito preocupados pela segurança de fãs e artistas que já estão no festival. Ouvimos relatos de outras bandas e amigos no local de que o evento é perigoso e um desastre. Por favor, tenham cuidado, e estamos ansiosos para fazermos rock com vocês no future”, diz a íntegra da nota. A banda fecharia a noite deste sábado. O headliner de domingo (22), Venom, também já cancelou.

Enquanto isso em ... TRIZIDELA DO VALE-MA (Charge-Política)


Cantor PEDRO LEONARDO Filho do Sertajeno LEONARDO sofreu um grave acidente de carro

Pedro foi arremessado para fora do carro, após capotar o veículo. O acidente aconteceu por volta das 6h30 de sexta-feira, no km 26 da rodovia MG-452, na região de Tupaciguara, em Minas Gerais.

Segundo o policial rodoviário Ivan Flavio Costa, que atendeu a ocorrência, ele estava sozinho e não bateu em nenhum veículo. O policial disse acreditar que, pela situação do acidente, o cantor teria dormido ao volante. Pedro voltava de um show em Uberlândia.

Pedro Leonardo
O cantor sertanejo Pedro Leonardo, filho do cantor Leonardo, não usava cinto de segurança no momento do acidente na manhã da última sexta-feira (20). 

A informação foi confirmada pela Polícia Rodoviária Estadual, responsável pelo atendimento da ocorrência. 

Ele está internado no hospital Instituto de Ortopedia de Goiânia, em Goiânia (GO). 

O cantor passou por uma cirurgia no Hospital Municipal Modesto de Carvalho, na cidade de Itumbiara, interior de Goiás, para onde foi levado logo após o acidente. Ele teve ferimentos no baço.

Segundo o médico que atendeu o artista na manhã de sexta, Ernane Rodrigues Oliveira, a saúde do cantor havia melhorado na tarde de ontem, porém ainda havia risco de morte por causa do traumatismo craniano, que resultou em um edema leve.

Reforma da BIBLIOTECA BENEDITO LEITE deve ser concluída em 30 dias

Secretário de Infraestrutura visita obra, em conclusão, da Biblioteca Benedito Leite, prédio será entregue à população em data ainda a ser marcada pela governadora Roseana Sarney, como parte do calendário de festividades dos 400 anos.
A reforma da Biblioteca Pública Benedito Leite, na Praça Deodoro, Centro, deve ser concluída em 30 dias, conforme assegurou o secretário de Infraestrutura do Estado, Max Barros, que participou de vistoria das obras na casa de leitura na manhã de ontem. O prédio deve ser entregue à população em data ainda a ser marcada pela governadora Roseana Sarney, como parte do calendário de festividades dos 400 anos de São Luís.

O investimento na obra é de R$ 5,5 milhões, com recursos oriundos do Tesouro Estadual. A reforma inclui a recuperação de toda a estrutura predial. "O prédio apresentava problemas estruturais, principalmente no subsolo. Foi observado risco de desabamento. Mas tomamos todas as providências para que a biblioteca fosse modernizada e entregue à população", disse o secretário.

A reforma inclui também a recuperação elétrica, hidráulica e sanitária. A biblioteca ganhou novo sistema de climatização que engloba todos os quatro pisos do edifício e um moderno sistema de vigilância, com instalação de câmeras em diversos ambientes, bem como no prédio anexo onde funcionava a Biblioteca Infanto-juvenil.

Acessibilidade - O prédio também ganhou três novos elevadores que facilitarão o trabalho na biblioteca. O primeiro com capacidade para transportar 12 pessoas, um dedicado aos cadeirantes e um terceiro para transporte de cargas (livros), que ficam em acervos de uso exclusivo de funcionários da biblioteca, onde não é permitida a entrada de usuários.

"Também foi instalado um gerador de energia que garantirá o funcionamento do sistema de climatização, dos computadores e de conservação do acervo", informou o engenheiro responsável pela obra, José Santos. No quarto piso, o Salão de Conferência foi todo reformado. O espaço recebeu um novo palco que possibilitará a realização de diversas atividades culturais, como apresentação de palestras, seminários, oficinas e peças teatrais.

O entorno da biblioteca também recebeu intervenções. As bancas de revistas instaladas nas extremidades do frontão do prédio foram reposicionadas para dar maior visibilidade ao local. A medida também evitará que pessoas urinem naquele espaço, causando mau cheiro, motivo de reclamação da população.

"Esse é um prédio histórico, tem toda uma simbologia; é de uma importância fundamental para a cultura da cidade. As pessoas vinham cobrando que a biblioteca fosse aberta, pois há muito estava fechada", afirmou Max Barros.

Acervo - Atualmente, a Biblioteca Pública Benedito Leite mantém mais de 160 mil peças em seu acervo, entre livros, obras raras, revistas, manuscritos, periódicos, jornais e fotografias, que hoje estão em exposição no prédio instalado na Rua do Egito, no Centro, onde funcionam as dependências da casa de leitura desde o início da reforma.

O local funciona das 8h às 18h, oferecendo para consulta um acervo de 10 mil livros dos setores de Braille, Infantil, Municipalização, Processamento Técnico, Literatura Brasileira e Maranhense, Informática, Escritório de Direitos Autorais e a Administração do órgão, além dos programas de incentivo à leitura e de capacitação.

Números

R$ 5,5 mi foram investidos na reforma da biblioteca
160 mil peças tem o acervo da Benedito Leite
2.120 m² é a área total da casa de leitura

Mais

O prédio da Biblioteca Pública Benedito Leite tem estilo neoclássico. É obra do engenheiro civil maranhense Antônio Bayma, inaugurada em 12 de setembro 1951. Tem em seu interior salões de leitura para o público e um auditório. No salão de Conferência estão dois terraços de onde se pode observar toda a cidade, ficando o Rio Bacanga à esquerda e o Rio Anil à direita, e em frente à coluna sobre a que se expande a velha cidade até descer por todos os lados à orla.
Veja fotos abaixo
  
  
  
  
  

TRF autoriza prolongamento da Litorânea

Foi deferido o pedido da Procuradoria Geral do Município (PGM) ao Tribunal Regional Federal (TRF) para suspensão de liminar que impedia a expedição de licenças ambientais para a ampliação da Avenida Litorânea, impedindo, dessa forma, que a Prefeitura de São Luís desse início às obras de prolongamento da via, sob o argumento de que deveriam ser apresentadas soluções alternativas ao empreendimento. Mas a obra não deve ser retomada porque em 24 de fevereiro deste ano, o STJ, manteve a suspensão do licenciamento ambiental do prolongamento da Avenida Litorânea em outra ação que ainda tramita.

"O desembargador Olindo de Menezes concordou com nossos argumentos e, quanto à questão do fato ambiental, considerou que não haveria por que evitar a continuidade da obra na Litorânea, porque o Estudo de Impacto Ambiental que apresentamos estaria nos termos legais", explicou o procurador-geral do Município, Francisco Coelho Filho.

Dessa decisão, o MPF no Maranhão interpôs Agravo Regimental, e o TRF 1ª Região, ao julgar o recurso, entendeu que o Poder Judiciário aqui não poderia ingerir sob um ato que entendeu ser meramente administrativo. "Nas palavras do relator, ele afirma que a ingerência da atividade juridiscional sobre atribuições da Administração Pública deve ser feita com critério e prudência, e deve estar calcada em dados objetivos, fáticos e técnicos que a justifiquem", disse.

Segundo o relator, a decisão de primeiro grau invade a esfera da Administração Pública, no exercício de suas regulares atividades, consubstanciada na concessão da licença prévia e de instalação de obra pública, que é a ampliação da Avenida Litorânea.

"Em outras palavras, o relator quis dizer que o Poder Judiciário pode fazer o controle da legalidade, mas não pode fazer o controle da questão do mérito administrativo, da discricionariedade", afirma o procurador do Município.

Para Francisco Coelho, essa decisão é importante, uma vez que viabiliza o empreendimento, destacando ainda que a decisão em suspensão tem o efeito de vincular até o trânsito em julgado de eventual decisão meritória.

"Mesmo que o juiz de base viesse dar ganho de causa ao MPF em primeiro grau, julgando o mérito do processo, esse mérito não teria o condão de influenciar na obra, podendo o Município, ainda, fazer uso dos recursos constitucionais cabíveis. Foi uma grande vitória para o Município de São Luís, com certeza, pois a execução da obra dará importante solução à mobilidade urbana naquela área", concluiu.

Outra - Contudo, em 24 de fevereiro deste ano, o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Ari Pargendler, manteve a suspensão do licenciamento ambiental do prolongamento da Avenida Litorânea, obra a ser realizada pela Prefeitura de São Luís, e a decisão do juiz Carlos Veloso, que, em 2010, suspendeu audiência pública marcada para agosto daquele ano, "bem como os atos posteriores do processo de licenciamento ambiental" da obra.

Alegava a Justiça de 1º grau, à época, ser público e notório que a área afetada pela ampliação da avenida consiste em restinga e contém um rio, sendo, portanto, Área de Preservação Permanente (APP). Na sua decisão, Pargendler questiona até o processo de contratação da Consplan, responsável pelo EIA-RIMA, empresa que realizaria os estudos ambientais.

Ele estranha o fato de a Prefeitura alegar, inicialmente, que contratou a empresa para realizar os estudos e, depois, no mesmo processo, confessar que o EIA-RIMA teria sido doado pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon). O presidente diz ter restado comprovado que a Consplan fora contratada sem licitação.

sexta-feira, 20 de abril de 2012

APENAS dois disputam no grupo de FLÁVIO DINO

São quatro – em tese – os pré-candidatos a prefeito de São Luís ligados à oposição ao sarneísmo: Eliziane Gama (PPS), Edivaldo Holanda Júnior (PTC), Roberto Rocha (PSB) e Tadeu Palácio (PP). Os fatos – e com eles não devemos brigar – mostram, no entanto, que apenas dois têm chances de se viabilizar: Edivaldo Holanda Júnior e Tadeu Palácio.

Entre parênteses, registre-se: Flávio Dino (PCdoB), o nome mais forte de todo o grupo, ao que tudo indica, não sairá mesmo candidato a prefeito de São Luís, sobretudo após a tragédia familiar que lhe aconteceu. Mas o dado novo que parece se desenhar é o seguinte: Dino não deverá pôr a mão no ombro do candidato que vier a se viabilizar. Parece desejar distância do pleito. Por esse raciocínio, tudo indica que o PCdoB não irá compor nenhuma chapa majoritária. Lembrete: são anotações que faço com base no que estou acompanhando. Pode ser que algo modifique tudo isso, mas aí serão outros quinhentos.

Voltemos ao assunto principal.

Os que defendem a candidatura de Edivaldo Holanda Júnior o fazem basicamente centrados no seguinte: 1) Júnior representa o novo; 2) como nunca esteve no Executivo, nada há que o desabone ou que sirva para cobranças e 3) a larga votação que obteve para deputado federal.

Quem não defende a candidatura de Holanda Júnior argumenta que ele não tem substância para uma disputa de tal envergadura e, sobretudo, terá dificuldades para viabilizar apoios financeiros para uma campanha cara.

Já os que defendem a candidatura de Tadeu Palácio apontam que o pepista tem musculatura por conta dos dois mandatos que teve de prefeito de São Luís, o que levaria a disputa para o plano administrativo (quem tem e quem não tem o que mostrar). Argumentam, ainda, que por já ter sido prefeito Palácio teria menos dificuldades para conseguir apoios financeiros para a campanha.

Quem não defende o nome de Palácio contra-argumenta que justo por já ter sido prefeito de São Luís a coisa pode se complicar. Como? O prefeito João Castelo (PSDB) e candidato à reeleição poderia puxar da manga da camisa denúncias administrativas contra seu antecessor (justo Palácio).

Esse, olhando friamente, o verdadeiro quadro que está em jogo atualmente no grupo chamado de flavista. Vamos ver se os fatos vão confirmá-lo.

Flávio Dino e o PCdoB queriam na verdade como candidato Bira do Pindaré, do PT. Estrategicamente, estavam certos. Acontece que Bira do Pindaré não se viabilizou no partido, perdendo a vaga na disputa para o sarnopetista Washington Luiz. Entre outras coisas, o grupo Sarney apoiou Washington na disputa para não ver Bira do Pindaré candidato.

Tudo leva a crer que Tadeu Palácio irá manter a candidatura, independente das circunstâncias.

MOA começou com 6 horas de atraso. Evento teve 7 bandas canceladas

Até parece conta de mentiroso. Mas é isso mesmo. Até agora sete bandas confirmaram que não irão mais participar do Metal Open Air. O evento, que prometia ser o maior da América Latina no gênero, parece estar fadado ao fracasso total. As bandas: Hangar, Terra Prima, Internacional Venam, Headhunter D.C., Stress, Shadowside e Internacional Saxon informaram que não tocarão em São Luís.

Ingleses da Saxon também cancelaram participação.
Ontem o Procon detectou uma série de problemas na estrutura do local. As bandas alegam quebra de contrato e afirmam que não receberam as passagens aéreas para chegar à capital. O MOA está marcado para acontecer nos dias 21, 22 e 23 de abril.

Diversas pessoas acamparam desde a tarde de ontem no local do evento. Vários fãs vieram de todos os estados do Brasil para participar do festival, que a julgar pela sequência de problemas e desistências, parece que não vai ser dos mais animados.

O evento estava marcado para começar às 10h30, mas nenhuma banda subiu ao palco. Também não há venda suficiente de comida na área interna do festival.

A produção do evento precisa dar uma satisfação aos participantes e ressarcir os prejuízos. Afinal de contas, o que foi anunciado não será apresentado. Atenção Procon e Ministério Público: está na hora de tomar uma providência. Milhares de pessoas serão lesadas.

AGENDA CULTURAL - São Luís

CINEMA

Xingu

(Xingu, Brasil, 2012). Drama. Censura: 12 anos. De Cao Hamburger. Com Caio Blat, Maria Flor, João Miguel e Felipe Camargo. O filme narra a saga dos irmãos Villas-Bôas, Orlando, Cláudio e Leonardo, membros da expedição Roncador-Xingu, missão desbravadora do Brasil Central em meados do século XX. Os irmãos Villas Bôas foram os principais idealizadores, em 1961, do Parque Indígena do Xingu, primeira reserva do gênero homologada pelo governo federal. No BOX CINEMAS – Sala 1. Sessões: 13h25, 15h45, 18h e 20h20. No CINESYSTEM – Sala 2. Sessão: 14h.

Área Q

(Area Q, 2012, Brasil, EUA). Ficção científica. Censura: 10. De Gerson Sanginitto. Com Isaiah Washington, Tânia Khalil e Ricardo Conti. A vida do jornalista investigativo Thomas Mathews virou de cabeça para baixo quando seu filho sumiu misteriosamente e ele acaba sendo enviado para o Brasil, com o intuito de investigar possíveis contatos com seres de outro planeta. No BOX CINEMAS – Sala 2. Sessões: 14h e 16h10.

A Invenção de Hugo Cabret

(Hugo, EUA, 2011). Aventura. De Martin Scorcese. Com Ben Kingsley, Sacha Baron Cohen e Asa Butterfield. Paris, anos 30. Hugo Cabret é um órfão que vive escondido nas paredes da estação de trem. Ele guarda consigo um robô quebrado, deixado por seu pai. Um dia, ao fugir do inspetor, ele conhece Isabelle, uma jovem com quem faz amizade. Logo Hugo descobre que ela tem uma chave com o fecho em forma de coração, exatamente do mesmo tamanho da fechadura existente no robô. O robô volta então a funcionar, levando a dupla a tentar resolver um mistério mágico. No BOX CINEMAS – Sala 3. Sessão (dub): 13h40.

Fúria de Titãs 2

(Clash of the Titans, EUA, 2012). Aventura. Censura: 12 anos. De Jonathan Liebesman. Com Sam Worthington, Bill Nighy e Ralph Fiennes. Perseu descobre que é o filho mortal de Zeus, mas recusa-se a aceitar tal condição. Contudo, para salvar a cidade de Argos da fúria dos deuses do olimpo e da vingança de seu tio Hades, ele vai ter que enfrentar uma perigosa jornada contra terríveis criaturas como a Medusa para salvar os simples mortais e a bela Andrômeda do sacrifício para o monstro Kraken. No BOX CINEMAS – Sala 3. Sessões (leg): 16h20, 18h30 e 20h50. Sala 3D. Sessões (leg): 15h20, 17h35, 19h50 e 22h05. No CINESYTEM – Sala 2. Sessões (dub): 16h30, 19h e 21h30. Sala 6. Sessão 3D (dub): 14h20. Sessões 3D (leg): 16h50, 19h20 e 21h50.

Jogos Vorazes

(The hunger games, EUA, 2012). Aventura. Censura: 12 anos. De Gary Ross. Num futuro distante, onde os Estados Unidos estão sob o comando de um regime totalitário, a jovem Katniss Everdeen se oferece para ser escolhida como a representante de seu distrito, ao invés da irmã Primrose, em um reality show mortal que conta com participantes de outros 12 distritos. A partir de então ela passa por um período de treinamento, para se preparar para a competição. No BOX CINEMAS – Sala 4. Sessões (leg): 16h25 e 21h55. No CINESYSTEM – Sala 4. Sessão (leg): 22h.

A Toda Prova

(Haywire, 2012, EUA e Irlanda). Ação. Censura: 14 anos. De Steven Soderbergh. Com Gina Carano, Ewan McGregor e Michael Fassbender. Nesse filme de ação de tirar o fôlego, o diretor recruta a mais famosa lutadora de MMA da atualidade, Gira Carano, para encarar um elenco de astros. Treinada pela CIA, a destemida agente Mallory é convocada por Kenneth para realizar uma missão secreta com Paul, mas logo ela descobrirá que os seus parceiros armaram uma emboscada para matá-la. Confiando apenas no seu instinto selvagem e tendo de proteger o seu pai, Mallory vai correr contra o tempo para desarmar um complô internacional. No BOX CINEMAS – Sala 4. Sessões (leg): 14h10 e 19h35. No CINESYSTEM – Sala 4. Sessão (leg): 15h.

A Perseguição

(The grey, 2012, EUA). Estreia. Ação. Censura: 14 anos. De Joe Carnahan. Com Liam Neeson, Dallas Roberts e Frank Grillo. Ottway trabalha em um lugar isolado do mundo no Alasca e seu papel é manter os lobos afastados dos funcionários de sua empresa. Certo dia, quando retornava à cidade grande para matar a saudade da esposa, o avião caiu e sobraram poucos passageiros. Feridos e sem alimentos, começa uma verdadeira luta contra o tempo para se manter vivo e conseguir chegar, de alguma forma, até a civilização. O que eles não contavam era que o local era dominado por uma matilha de lobos, igualmente faminta, em número maior e disposta a transformá-los em banquete. Agora, a sobrevivência está em risco absoluto e Ottway conhece bem o inimigo que tem pela frente. No BOX CINEMAS – Sala 5. 14h15, 16h45, 19h15 e 21h45.

O Lorax – Em busca da trúfula perdida

(Dr. Seuss´ The Lorax, EUA, 2012). Animação. Censura: livre. De Chris Renaud. O menino Ted descobriu que o sonho de sua paixão, a bela Audrey, é ver uma árvore de verdade, algo em extinção. Disposto a realizar este desejo, ele embarca numa aventura por uma terra desconhecida, cheia de cor, natureza e árvores. É lá que conhece também o simpático e ao mesmo tempo rabugento Lorax, uma criatura curiosa preocupada com o futuro de seu próprio mundo. No BOX CINEMAS – Sala 6. Sessão (dub): 16h. Sala 3D. Sessão (dub): 13h10. No CINESYSTEM – Sala 1. Sessão (dub): 14h10.

12 horas

(Gone, 2012, EUA). Suspense. Censura: 12 anos. De Heitor Dhalia. Com Amanda Seyfried, Jennifer Carpenter e Wes Bentley. A história gira em torno de Jill, uma jovem que escapou de um serial killer há dois anos e que agora acredita que o mesmo sujeito raptou sua irmã mais nova. Ela terá que lutar contra a desconfiança das pessoas que não acreditam que tenha sido sequestrada em primeiro lugar. No BOX CINEMAS – Sala 6. Sessões (leg): 13h20, 18h10, 20h10 e 22h15.

American Pie – O Reencontro

(American Reunion, 2012, EUA). Estreia. Comédia. Censura: 14 anos. De Jon Hurwitz, Hayden Schlossberg. Com Jason Biggs, Alyson Hannigan e Chris Klein. Jim, Kevin, Oz e Finch foram convidados para a festa de reunião da turma de 1999 e, para matar a saudade dos bons tempos, decidem se encontrar na cidade em que moravam dois dias antes da festa. Logo ao chegar eles reencontram Stifler, que trabalha como estagiário em uma importante empresa mas é sempre humilhado pelo chefe. No BOX CINEMAS – Sala 7. Sessões (leg): 13h50, 16h15, 18h50 e 21h20. No CINESYSTEM – Sala 5. Sessões (dub): 14h10, 16h40, 19h10 e 21h40.

Espelho, Espelho Meu

(Mirror, mirror, 2012, EUA). Aventura. Censura: livre. De Tarsem Singh. Com Julia Roberts, Lily Collins e Armie Hammer. A Rainha Má assume o controle do reino e exila a princesa Branca de Neve de lá. O que ela não contava era que a princesa receberia a ajuda de sete anões na tentativa de conquistar o seu direito ao trono. No BOX CINEMAS – Sala 9. Sessões (dub): 13h30, 15h50, 18h20 e 20h40. No CINESYSTEM – Sala 3. Sessões (dub): 13h30, 15h35, 17h40, 19h50 e 22h.

Titanic 3D

(Titanic, 2012, EUA). Drama. Censura: 12 anos. De James Cameron. Com Leonardo DiCaprio, Kate Winslet e Billy Zane. Exibição pela primeira vez em 3D do grande sucesso de bilheteria e vencedor de 11 Oscar. Um rapaz e uma garota de diferentes classes sociais se encontram durante a viagem inaugural e fatídica do transatlântico RMS Titanic. No BOX CINEMAS – Sala 10. Sessões (dub): 13h, 17h e 21h, exceto às quintas. No CINESYSTEM – Sala 1. Sessões 3D (leg): 16h10 e 20h.

Os vingadores

(The Avengers, 2012, EUA). Pré-estreia. Aventura. Censura: 12 anos. De Joss Whedon. Com Chris Evans, Robert Downey Jr., Mark Ruffalo. Quando um inimigo inesperado surge ameaçando a segurança global, Nick Fury, diretor da agência internacional de paz conhecido como SHIELD, recruta uma equipe para livrar o mundo de uma possível destruição: Homem de Ferro, Capitão América, Thor, Hulk, Gavião Arqueiro e Viúva Negra. No BOX CINEMAS – Sala 10. Sessão (dub): 0h, às quintas.

Flor de Abril

(2012, Brasil). Estreia. Drama. Censura: livre. De Cícero Filho. Com Dayse Bernardo, Vinícius Fiamini e Eric Gaigher. Teresa é uma moça ingênua e romântica, vítima de uma série de circunstâncias extremas. Tendo por tema central a busca pelo amor, o filme aborda também as perdas que afetam a vida de todos os personagens. No CINESYSTEM – Sala 4. Sessões: 17h20 e 19h40.

Se não nós, quem?

(2011, Alemanha). Estreia. Drama. Censura: 14 anos. De Andres Veiel. Com Adele Haenel, Sylvie Lachat e Ulysse Grosjean. No início dos anos 1960, os colegas de faculdade Bernward Vesper e Gudrun Ensslin iniciam um romance em meio à atmosfera provinciana da Alemanha Ocidental. Dedicados à força da palavra escrita, os dois fundam uma editora, cuja primeira publicação é, paradoxalmente, um antigo trabalho controverso do pai de Bernward, um polêmico autor nazista. Bernward defende a habilidade de escrever de seu pai, mesmo que assombrado por seu passado suspeito. Gudrun também questiona o papel de seu próprio pai durante o Terceiro Reich de Hitler. No BOX CINEMAS – Mostra Especial – Sala 2. Sessão: 18h30, hoje.

Borboletas Negras

(Black Butterflies, 2011, Holanda, Alemanha, África do Sul). Estreia. Censura: 14 anos. De Paula Van Der Oest. Com Rutger Hauer, Carice Van Houten e Liam Cunningham. Após presenciar um ato de violência contra crianças sul-africanas, a poetiza Ingrid Jonker escreveu o poema The Dead Child of Nyanga, que mais tarde foi lido por Nelson Mandela em seu discurso de inauguração do primeiro parlamento democrata da África do Sul em 1994. Sua história de inconformismo com o regime segregacionista do Apartheid e suas relações precárias com os homens – incluindo seu pai, membro do regime – dão a tônica do filme. No BOX CINEMAS – Sala 2. Sessão (leg): às 21h, hoje.

BOX CINEMAS – Segundas: R$ 11,00 e R$ 20,00 (3D). Terças e quintas: R$ 14,00 e R$ 20,00 (3D). Quartas: R$ 11,00 e R$ 18,00 (3D). Sextas, sábados, domingos e feriados: R$ 18,00 e R$ 23,00 (3D). CINESYSTEM – Segundas, quartas e quintas: R$ 12,00 e R$ 20,00 (3D). Terças: R$ 8,00 e R$ 16,00 (3D). Quintas: R$ 12,00 e R$ 18,00 (3D) e Promoção Quinta do Beijo. Sexta, sábado, domingo e feriados R$ 16,00 e R$ 22,00 (3D). CINE PRAIA GRANDE – R$ 10,00. Estudantes pagam meia em todos os cinemas.

TEATRO

Stressados.com

Espetáculo de teatro com elenco da Cia Faz Arte hoje (20), amanhã (21) às 21h e domingo (22), às 19h, no Teatro Arthur Azevedo. Ingressos: R$ 40,00 (inteira) e

R$ 20,00 (meia). Moraes Júnior Produções

A cigarra e a formiga

Espetáculo de teatro infantil com elenco da Cia Faz Arte amanhã (21) e domingo (22), às 17h, no Teatro Arthur Azevedo. Ingresso:

R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia). Moraes Júnior Produções.

Pão Com Ovo

Espetáculo de comédia será apresentado até o fim de abril e dias 5, 6, 19 e 20 de maio. Aos sábados, às 21h, e aos domingos, às 19h, no teatro Alcione Nazaré (Centro de Criatividade Odylo Costa Filho, Praia Grande). Ingresso: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia) à venda na bilheteria do teatro das 14h às 18h de terça a domingo.

Poemas para Che

Espetáculo será dias 24, 25 e 26 às 20h, no Teatro Arthur Azevedo. Ingresso: R$ 30,00 (inteira).

AGENDA

Mostra Lume de Cinema

Hoje (20), amanhã (21) e domingo (22), às 16h, “Felizes Juntos”, às 18h, “O que há de tigresa” e às 20h, “Intimidade”. No Cine Praia Grande (Centro de Criatividade Odylo Costa Filho, Praia Grande). Ingresso: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia).

35º Festival Guarnicê de Cinema

Inscrições para o festival estão abertas e devem ser realizadas pelo site www.cultura.ufma.br. A edição deste ano será em homenagem aos 35 anos de existência do festival e acontecerá no período de 10 a 16 de junho. Os filmes enviados devem estar em 35mm e os vídeos devem ser realizados no sistema NTSC em qualquer formato de captação. Informações: (98)3231 28 87/ 3232 3901 ou dac.audiovisual@ufma.br

Brechó no Olho da Rua

Todas as quintas, a partir das 17h, vendas de roupas, acessórios e discos de vinil todas as quintas na Rua Humberto de Campos (entre as ruas da Palma e do Giz, Praia Grande). Evento tem discotecagem do Som do Vinil e projeções de curtas de animação. Informações: 8853-7822/8839-1668

A cidade do Maranhão – uma história de 400 anos

Ciclo de estudos e debates sobre a fundação e história do Maranhão dias 25 de abril de 2012, 29 de agosto de 2012, 5 de setembro de 2012 e 12 de setembro de 2012. No Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão (Rua de Santa Rita, Centro).

Divirta-se e Bom Final de Semana.

MINISTRA SUECA causa polêmica ao cortar bolo em forma de MULHER NEGRA

A ministra da cultura da Suécia, Lena Adelsohn Liljeroth, causou polêmica durante uma festa de arrecadação de fundos realizada no último sábado, Dia Mundial da Arte.

Imagem retirada de um vídeo publicado no Youtube mostra o
polêmico bolo em forma de uma mulher negra
Fotos dela cortando um bolo com a forma de uma mulher negra nua se espalharam pelas redes sociais e causaram indignação por sua conotação racista. 

Depois do episódio, a ministra recebeu diversos pedidos para que renunciasse ao cargo, segundo o jornal sueco Dagens Nyheter. 

As fotos mostram Lena cortando a genitália da mulher esculpida no bolo (um ator escondido sob a mesa cuja cabeça representava a face da escultura gritava de dor a cada fatia retirada do bolo). 

A brincadeira vai de encontro às suas posições políticas, marcadas por ações antirracismo, diz a publicação local Fria Tider. Mas organizações não levaram isso em conta e a criticaram. "A participação de Lena insulta quem sofre com racismo e agride as vítimas de mutilação genital", protestou Kitimbwa Sabuni, porta-voz da Associação Nacional Afro-Sueca. 

Ao falar com a agência de notícias TT, Lena disse ter entendido a indignação, mas defendeu seu comportamento. "Eu sei que foi provocativo e mesmo que se tornou uma situação bizarra. Eu fui convidada para falar no Dia Mundial da Arte sobre a liberdade artística e o direito de provocar. E então me pediram para cortar o bolo", afirmou. O artista responsável pela obra foi identificado pelo jornal The Local como Makode Aj Linde.

Veja o Vídeo

AUDIÊNCIA DO FUTEBOL cai 12% aos domingos e preocupa a GLOBO

No último domingo, Ponte Preta x Corinthians rendeu à Globo média de 15 pontos. Alguns anos atrás, uma audiência dessas poderia detonar uma crise na emissora.

Mas essa tem sido a média na Grande São Paulo de todos os jogos transmitidos pela Globo nas tardes de domingo desde o início do ano.

No mesmo período do ano passado, a emissora conquistou 17,4 pontos com a primeira fase do Campeonato Paulista aos domingos.

A queda de 2011 para 2012 foi de 12%. Se comparada a anos anteriores, supera os 25%. Em relação a 2010, a Globo perdeu 6 pontos com o futebol dos domingos.

O desempenho do futebol, principalmente aos domingos, preocupa a cúpula da Globo. Se continuar nesse ritmo de queda (de aproximadamente 10% ao ano), o futebol poderá se tornar inviável às 16h dos domingos.

A queda, no entanto, não é exclusiva do futebol. Reflete, na verdade, o desinteresse do telespectador pela TV aberta nas tardes de domingo, o que, avaliam analistas, pode ser reflexo do aumento do poder aquisitivo _as pessoas, com mais dinheiro, tendem a sair de casa.

No horário do futebol, o total de televisores ligados caiu os mesmos 12% de 2011 para 2012. E todas as emissoras perderam audiência. Na Band, que também exibe futebol, a queda foi maior do que a da Globo (21%).

Quartas-feiras

Já nas noites de quarta-feira a Globo está mais tranquila. Graças ao Corinthians na Libertadores, a média até anteontem foi de 20,9 pontos, a mesma do ano passado no mesmo horário e período.

Como o total de televisores ligados no horário do futebol das quartas teve uma queda expressiva de quatro pontos percentuais (de 61% para 57%), a Globo aumentou sua participação no "bolo" do Ibope.

Um corredor britânico de 101 anos vai disputar sua última MARATONA em Londres.

Fauja Singh corre em parques junto com o treinador Harmandar Singh 
Fauja Singh começou no esporte aos 89 anos e, em 12 anos, participou de oito maratonas em vários países.

O corredor disse que não se considera velho e contou que ainda corre para pegar o ônibus.

O treinador, Harmandar Singh, conta que Fauja está mais preparado para a maratona de Londres, no domingo, do que estava há seis meses para a maratona de Toronto, no Canadá, que completou em oito horas e 25 minutos.

Fauja Singh vai parar de correr maratonas como a de Londres. Mas, não vai desistir das corridas e ainda pretende participar de provas de cinco e dez quilômetros.

MEU MUITO OBRIGADO A TODOS - PELOS 50 MIL ACESSOS


Brasileira de 18 anos é presa tentando entrar na Espanha com CDs de MICHEL TELÓ

Mochila estava cheias de CDs do cantor Teló; o governo brasileiro criticou e achou a prisão da jovem uma injustiça

A policia espanhola prendeu uma jovem brasileira, de 18 anos, na manha desta segunda-feira (16), com uma mochila cheia de cds do cantor Michel Teló e foi enquadrada por crime de tráfico de drogas. 

O governo brasileiro pediu explicações ao governo espanhol sobre a razão do transporte dos CDs ser considerado tráfico de drogas. O governo explicou que os discos de Teló estão proibidos na Espanha porque está sendo considerado como uma droga potente, que produz um viral na cabeça das pessoas com a canção "Ai se eu te pego".

O consulado brasileiro pediu que o governo da Espanha liberte a jovem. Um assessor do governo disse que é possível sim, que a jovem seja devolvida ao Brasil e anistiada, mas, os CDs do cantor continuarão apreendidos, sem devolução. (humor)

DIA DO BASTA CONTRA A CORRUPÇÃO (PEDREIRAS E TRIZIDELA DO VALE)

FONTES: BLOG DO ELCINHO

QUANDO: 21 DE ABRIL, SÁBADO.

07h30 min (MANHÃ) - CONCENTRAÇÃO EM FRENTE AO COLÉGIO NEWTON BELLO (TRIZIDELA DO VALE-MA); 

08H - SAÍDA DA CAMINHADA PARA PEDREIRAS COM ENCERRAMENTO EM FRENTE AO BANCO DO BRASIL (PEDREIRAS-MA), ONDE ACONTECERÁ UMA ENCENAÇÃO TEATRAL E BRINDE PELA APROVAÇÃO DA LEI DA FICHA LIMPA.

Estamos sempre reclamando da corrupção na feira, na escola, no barzinho, na esquina, no papo com o colega, na pelada do fim de semana, e por aí vai, mas nós já paramos pra refletir o que efetivamente fazemos de fato para combater a corrupção e os políticos que desviam para si os recursos que eram para garantir nossos sonhos, anseios e direitos básicos. 

Da nossa OMISSÃO nasce o político ladrão e a CORRUPÇÃO. Quanto mais estivermos distantes das decisões não cobrando melhorias, não fiscalizando nossos gestores e parlamentares, pior será a gestão destes PICARETAS travestidos de representantes do povo. 

Se o povo não reclama, da falta de saúde, da educação do faz de conta, da falta de qualificação e geração de emprego, dos buracos e da falta d'agua, da violência e das drogas, dos desvios de recursos, do enriquecimento ilícito dos políticos, TUDO, MAIS TUDO TENDE A PIORAR. 

Se não nos indiguinar-mos estamos assinando o cheque em branco, e o político imagina ... TA TUDO INDO BEM NINGUÉM RECLAMA. Se você está cansado de ver tanto roubo e desvios de recursos, junte-se a nós, e venha marchar conosco, NO DIA DO BASTA..." BASTA DE CORRUPÇÃO". 

Leve seu apito,sua vassoura, nariz de palhaço,panela e vamos fazer um barulho que só será ouvido pelos que roubam de nós a esperança e direitos costitucionalmente protegidos... lute... POVO UNIDO E ORGANIZADO, LUTA E VENCE!!!

CASO DA CRIANÇA acorrentada em Grajaú-MA, repercute em todo o Brasil

Teve repercussão nacional o caso do menino de seis anos, morador de Grajaú (a 555km de São Luís), que foi acorrentado pelo pai na porta de casa. Logo após a publicação da notícia no site do Ministério Público do Maranhão e distribuição do release da notícia à imprensa, veículos de comunicação de todo o país divulgaram o fato, ocorrido no último dia 13 de abril e registrado em vídeo por um vizinho da criança.

Os programas Mais Você e Jornal da Globo, da Rede Globo, a edição eletrônica do jornal O Dia e o site especializado em notícias da área jurídica Jus Brasil foram alguns dos veículos que repercutiram o caso.

A pedido do Ministério Público, a Justiça decretou a prisão do pai do menino, que corre o risco de perder o poder familiar.

De acordo com o promotor de Justiça Carlos Róstão Martins Freitas, titular da 1ª Promotoria de Justiça de Grajaú, o pai, que ainda se encontra preso, ingressou na Justiça com um pedido de prisão.

Para a procuradora-geral de Justiça Fátima Travassos a ação imediata do promotor de Justiça mostra que o Ministério Público maranhense está atento e atuante em todas as esferas, inclusive no combate ao crime contra crianças.

AEROPORTO DE SÃO LUÍS rejeita pousos à noite

A novela interminável das obras do aeroporto Marechal Cunha Machado em São Luís está tomando proporções gigantescas e acarretando uma série de problemas e transtornos além do esperado.

Aeronave não pode pousar e foi desviada para Belém (PA). 
Não bastasse o desconforto das aerolonas, agora até os voos noturnos estão prejudicados com o caos no local. 

Na noite desta quarta-feira(18) um voo da TAM da rota Fortaleza-São Luís-Santarém foi impedido de pousar na cidade e teve que ser desviado para Belém. 

Os passageiros que esperam na lona de embarque ficaram sem ter como embarcar, enquanto os que aguardavam o desembarque, foram obrigados a passar a noite em Belém, para só na manhã de hoje, retornar à capital maranhense.

O problema alegado pela Infraero, segundo informações dos passageiros, foi a falta de energia nas luzes sinalizadoras da pista de pouso, que não oferecia as condições de segurança suficientes para que a aeronave realizasse o pouso.

A que ponto chegamos? Onde estão nossas autoridades? Esta situação é humilhante, degradante e vergonhosa. Ela expõe a fragilidade e a calamidade em que se encontra o Maranhão. Nossa população está completamente desassistida e desprotegida. Não podemos viajar em condições dignas e muito menos à noite.

Estamos às vésperas de sediar um evento internacional: o Metal Open AIR. Imaginem a belíssima impressão que vamos deixar a nossos visitantes, se é que eles vão conseguir chegar à cidade… esta é a situação da Capital Americana da Cultura.

quinta-feira, 19 de abril de 2012

CHICLETE COM BANANA - cobra 2 mil por um ABADÁ e abandona seu primeiro guitarrista, DOENTE E NA MISÉRIA

Agonizante o primeiro guitarrista do CHICLETE COM BANANA espera a morte morando de favor numa favela
Olhando apenas a foto acima talvez você não reconheça, mas ele já foi um dos maiores símbolos da alegria e da irreverência no carnaval baiano. Ele é João Fernandes da Silva Filho, o Cacik Jonne, ex-guitarrista da banda Chiclete com Banana.
Ele acreditava estar em uma família depois de 20 anos junto com os chicleteiros

O Índio que por 20 anos empunhava a guitarra do Chiclete com Banana, sendo inclusive autor de diversos sucessos da banda hoje é um homem com 46 anos, pai de uma menina de 15 anos e que vive de favor na casa de parentes. Com uma aposentadoria que não chega a R$ 1.500,00, onde metade é comprometida com a compra de remédios ele tenta sobreviver em meio ao caos. Ainda mais triste é imaginar que com o valor integral de sua aposentadoria ele não conseguiria sequer comprar um abada da banda que ele fundou e depois foi abandonado. 
Portador de uma doença degenerativa ele diz sentir saudade dos ‘amigos’ 

Em 2000 antes de uma apresentação Jonne passou mal e não pôde subir ao palco. 

Submetido a uma bateria de exames descobriu que era portador da Ataxia Cerebelar, depois desde dia sua vida nunca mais foi a mesma. De ídolo do Axé transformou-se em vítima do esquecimento e da crueldade humana.

Sua doença é caracterizada pela falta de coordenação dos movimentos podendo afetar a força muscular e o equilíbrio. São visíveis os sinais de perda de massa muscular e da dificuldade na fala. Em se tratando de uma doença degenerativa o cenário é o mais cruel possível. Em poucos meses ele pode perder integralmente sua conexão consciente com o mundo e definhar até a morte. 

Apesar de um cenário tão caótico seus ex-colegas de banda preferem ignorar o sofrimento deste ex-fundador da banda mais popular da história do carnaval baiano.

De acordo com a reportagem do jornalista Umberto Farias o golpe dos chicleteiros foi ainda mais cruel do que se imaginava. Segundo reportagem publicada no site da Metrópole FM, no início de 2001, meses antes de se afastar oficialmente da banda, Jonne foi convocado para assinar diversos documentos – dentre eles uma procuração –, sob o argumento de que isso facilitaria a criação de novos contratos com a gravadora BMG, assim como permitiria a regularização do pagamento de cachês, além do compromisso assumido pelo Chiclete de arcar com todos os custos que a doença pudesse lhe gerar.

Bell Marques ignora as dificuldades de seu ex-companheiro. 

Confiante no acerto, pois se sentia “lidando com familiares”, e sem suspeitar dos documentos que fora levado a rubricar, Jonne passou os primeiros meses do afastamento da banda recebendo cerca de R$ 6 mil mensais (o valor dependia da quantidade de shows que a banda realizava), e com as preocupações voltadas unicamente para a sua recuperação. Assim foi até o Carnaval de 2002, quando a banda de Bell homenageou o moço do cocar tocando ‘I want to break free’, do Queen, emocionando os foliões no Campo Grande.

Enquanto uns sorriem outro chora a dor do esquecimento

Àquela altura, a “caveira” de Jonne já havia sido feita na Mazana, empresa que cuida dos negócios do Chiclete. Segundo uma fonte ligada à defesa do guitarrista à época, um ano antes, a procuração assinada por Cacik fora utilizada para dar entrada numa ação judicial (denominada “lide simulada”, prática considerada fraudulenta por muitos juristas), que consistia numa reclamação trabalhista dele contra a empresa, forçando um “acordo” entre as partes. 

Em 11/7/2001, sem que Jonne soubesse o que se passava, o juiz homologou o acordo e, no final das contas, teve direito a mixos R$ 3 mil, a título de “quitação” das dívidas do grupo. Na prática, Jonne recebeu uma BANANA DO CHICLETE.

Após o Carnaval de 2002, quando Bell e banda haviam garantido que o Cacik não havia sido demitido, mas apenas afastado temporariamente, o repasse dos R$ 3 mil foi inexplicavelmente interrompido. Diversas tentativas de contato com os chicleteiros cativos não surtiram efeito. “Bell chegou a ligar aqui para casa, falou com meu pai. Mas disse que não sabia por que o pagamento tinha sido interrompido, que não era com ele”, conta o Cacik.

HOMENAGEM AO DIA DO ÍNDIO - (Bar do Índio)


Hoje dia 19.04 (dia do Índio) o blog do Paul Getty homenageia essa figura querida de Pedreiras que é o ÍNDIO, e que no dia 05 de Maio de 2012, o BAR DO ÍNDIO estará comemorando 20 anos de bom papo, cultura e muita cachaça.


ÍNDIA POTIRA fica de biquíni sexy para celebrar DIA DO ÍNDIO

  
  
  

BEBÊ DE SEIS PERNAS passa por cirurgia no Paquistão

Médicos conseguiram retirar os membros excedentes com sucesso no hospital


O bebê que nasceu com seis pernas em Sindh, no Paquistão, foi operado com sucesso nesta quinta-feira (19). 

A cirurgia para a retirada das pernas excedentes foi feita no Instituto Paquistanês de Saúde Infantil, em Karachi. 

A primeira imagem que surgiu de seu caso, feita em uma UTI, chamou atenção em vários países do mundo. 

Autoridades do hospital já haviam explicado que as seis pernas são resultado de uma rara condição genética.

UNIMED MARANHÃO está à beira da falência

Atenção usuários da Unimed no Maranhão: a cooperativa está à beira da falência. É crescente o número de profissionais, clínicas e hospitais que estão se descredenciando.

A situação é preocupante e lamentável. Um dos maiores planos de saúde do país, referência na área durante muito tempo, agora virou sinônimo de recusa. 

Os principais hospitais já não aceitam mais o convênio. As clínicas estão seguindo o mesmo caminho. Há casos de pessoas que possuem o plano há décadas e estão recorrendo a atendimento na rede pública.

Os grandes laboratórios seguiram a tendência e deixaram de atender o plano. 

São poucas as opções de atendimento para quem ainda insiste em continuar com o convênio.

Os baixos valores pagos nas consultas e procedimentos, o atraso nos pagamentos e as glosas (recusa de pagamento) estão entre os motivos que afetam a reputação e credibilidade da Unimed no mercado.

Só com um grande hospital da capital a dívida da cooperativa já ultrapassa o valor de R$ 9 milhões. Denúncias de desvio de dinheiro e corrupção em várias gestões consecutivas formaram uma bola de neve nos problemas enfrentados pela cooperativa.

Investimentos equivocados e superfaturados como a construção do Hospital próprio, “elefante branco” que nunca funcionou, ajudaram a ampliar o rombo nas contas do convênio.

A classe médica que engloba os cooperados sofrem com os prejuízos e temem pela falência definitiva, enquanto os usuários têm seus procedimentos negados.

O barco está afundando. E a cada dia a situação só piora. Há rumores de que as eleições para escolha da nova diretoria (que é formada só por médicos) devem ser antecipadas.

Seria interessante uma intervenção e uma auditoria urgente, nas contas, contratos e investimentos realizados pela Unimed do Maranhão ao longo dos últimos anos. Tem muito médico, que já fez ou ainda faz parte da diretoria, que construiu verdadeiros impérios.

Os usuários precisam se posicionar e cobrar transparência e a adoção de medidas urgentes para evitar a quebra e assegurar o atendimento. Do contrário, a solução é migrar para outro plano ou procurar a rede pública de saúde.

LICENÇA AMBIENTAL para duplicação da BR-135

A superintendência regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) requereu, ontem, a prorrogação da licença ambiental junto à Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Semma) para que sejam feitas as obras de duplicação da BR-135. 

O licenciamento é necessário para que sejam estudados e, posteriormente, minimizados os impactos que a duplicação da rodovia pode trazer ao meio ambiente.

“Nós já tínhamos a licença prévia ainda da licitação anterior, que estava acontecendo no ano passado. Como tem um prazo de validade, ela já venceu e por isso nós pedimos a prorrogação dessa licença. E por norma da Semma, nós tivemos que publicar isso no Diário Oficial do Estado e também nos jornais de grande circulação”, explicou o engenheiro Antônio Lúcio Barroso de Oliveira, da superintendência regional do Dnit.

Segundo as regras ambientais, toda atividade poluidora do meio ambiente precisa ter uma licença ambiental para que os impactos sejam minimizados. “Toda atividade que seja poluidora do meio ambiente necessita de um licenciamento ambiental. Já como essa obra de duplicação vai mexer com o solo, por exemplo, por isso faz-se necessário esse licenciamento”, afirmou o secretario adjunto de Meio Ambiente e Recursos Naturais, Jânio Castro Lima.

Ele explicou ainda que a licença prévia tem um prazo de seis meses e pode ser renovada por até cinco anos conforme prevê a Resolução 237/97 do Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama).

Visita - Representantes de empresas que participarão do processo licitatório para as obras de duplicação da BR-135 visitaram na manhã de ontem o trecho da rodovia que vai passar pelo processo de duplicação. Uma nova visita está marcada para o dia 27 deste mês, com a participação de outras empresas que também irão participar da concorrência pública.

A visita realizada contou com a participação de quatro representantes da empresas Serveng Civilsan, Cdemi, Sultepa e Hytec, que irão participar da concorrência pública. 

De acordo com Antônio Barroso, a vistoria das empresas que participam da licitação está prevista no edital da concorrência pública (que é do tipo menor preço). Ainda segundo o engenheiro, a vistoria tem a finalidade de as empresas conhecerem o trecho da rodovia que será duplicado e assim fazer o seu relatório a respeito do projeto.

“Quando se participa de uma licitação, é importante que se conheça o local onde se vai trabalhar, para que a empresa possa levantar os problemas que ela acha que convêm e que não convêm”, pontuou o engenheiro Antônio Barroso.

Ele explicou que as empresas que participarão da concorrência pública para a duplicação da BR-135 não têm a obrigação de visitar o trecho da rodovia que será duplicado. Por outro lado, caso não façam essa vistoria, elas devem elaborar um documento dizendo que elas conhecem a parte da rodovia federal onde serão feitas as obras.

“Hoje, o edital de licitação não obriga as empresas a visitarem o local da rodovia que será duplicado. No entanto, se a empresa não visitar, ela tem que dar uma declaração de que conhece realmente o trecho da rodovia que será duplicado”, afirmou o engenheiro do Dnit.

Duplicação – No início do mês, o Dnit abriu licitação para a duplicação da BR-135, no trecho entre Estiva e Bacabeira. A entrega dos envelopes com as propostas das empresas e/ou consórcios interessados em executar a obra, orçada em mais de R$ 370 milhões, ocorrerá no dia 8 de maio, às 9h30, na Superintendência Regional do órgão, em São Luís. O edital referente à concorrência, tipo menor preço, está publicado no site www.dnit.gov.br.

Segundo o Dnit, a obra na rodovia deverá ser dividida em três lotes. A primeira consiste na continuação da duplicação da estrada federal do Km-25, na Estiva, passando pelo Campo de Perizes, em Bacabeira, até o Km-50, no entroncamento com a BR-402. 

As obras se estendem até o município de Miranda. A expectativa é que as obras sejam iniciadas entre o fim de junho e início do mês de julho deste ano e durem pelo menos 24 meses.

Placas encobertas por mato no Campo de Perizes

Algumas placas de sinalização vertical de trânsito (regulamentação, advertência e indicação), localizadas no Campo de Perizes, na BR-135, na saída de São Luís, estão sendo encobertas pelo mato. Por causa da situação, a visibilidade dos motoristas dessas placas fica comprometida, aumentando o risco de acontecerem colisões e outros tipos de acidentes em vários trechos da rodovia.

Placas que alertam os condutores sobre a velocidade máxima a ser percorrida no trecho, o alto índice de acidentes que são registrados em um determinado trecho da rodovia ou então a quilometragem da BR-135, por exemplo, são cada vez mais encobertas pelo mato, que cresce sem controle. Um pouco antes de chegar a Campo de Perizes, o mato também cresce ao longo do canteiro central da rodovia, prejudicando a visibilidade dos motoristas.

Segundo o engenheiro do Dnit, Antônio Lúcio Barroso de Oliveira, os serviços de capinação ao redor das placas estão sendo feitos regularmente. No entanto, por causa do período chuvoso, o mato cresce mais aceleradamente.

Mais

Em 10 de maio de 2011, o projeto de duplicação da BR-135 havia sido aprovado pelo Conselho Diretor do Colegiado do DNIT, após ter passado por alterações e ter sido reavaliado pelo Tribunal de Contas da União (TCU). No dia 17 de maio, o aviso de abertura do Edital de Licitação para a obra foi publicado no Diário Oficial da União. No entanto, por causa da crise no Mistério dos Transportes, que culminou no pedido de demissão do então ministro Alfredo Menezes em decorrência das acusações de superfaturamento com obras públicas com participação de servidores da pasta, o processo foi suspenso no dia 6 de junho por um período de 30 dias. No dia 7 de outubro do ano passado, o processo de licitação, que previa obra na rodovia foi definitivamente cancelado, juntamente com as demais 25 concorrências nacionais no Ministério dos Transportes. Desde então, a obra foi um dos principais alvos de discussão de políticos maranhenses na Assembleia Legislativa e Congresso Nacional.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...