quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Com o anúncio de desistência da OGX, empresa alemã fará exploração de gás


O grupo alemão E.On assumiu o controle acionário da MPX, empresa de Eike Batista, e passa a gerir os negócios da OGX na Bacia do Rio Parnaíba. A empresa também vai assumir a exploração dos lotes de gás e petróleo no Piauí. A assinatura dos contratos para exploração do gás no estado do Piauí acontecerá no dia 6 de agosto no Rio de Janeiro.

O diretor presidente da MPX, Eduardo Karrer, esteve com a governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), para comunicar sobre o novo status da empresa e da entrada da alemã E.On, que assumiu o conselho de acionistas da MPX.

"Os executivos informaram que a E.On aumentou seu capital e, a partir de agora, vai gerir os negócios de produção de energia no Maranhão", informou o secretário estadual de Indústria e Comercio do Maranhão, Maurício Macedo. Ele disse ainda que o empresário Eike Batista não integra mais o Conselho da MPX Energia.

Os executivos que estiveram no Maranhão para a inauguração de duas termoelétricas informaram que a OGX e a MPX continuam ampliando as suas atividades na Bacia do Parnaíba. No Maranhão se encontra o projeto inédito em produção de gás integrada à geração de energia. No Piauí, os lotes são a continuidade da atividade explorada no Maranhão.

O Maranhão tem a produção de cerca de 4,5 milhões de metros cúbicos de gás por dia no campo de Gavião Real, que já é o maior campo privado de produção de gás do país, passando a ser o sexto maior, se levado em consideração os campos da Petrobras.

A OGX se prepara para expandir a produção e a capacidade de tratamento de gás e pretende conectar e interligar os poços. A intenção da MPX é adicionar novas unidades no complexo do Maranhão. O Complexo da Bacia do Parnaíba integrou a cadeia de produção de energia dentro da estratégia da MPX, tanto que o complexo foi construído em tempo recorde de dois anos.

"Queremos continuar a expandir o nosso parque térmico no Parnaíba. Com a continuidade dos investimentos na área de exploração e produção, pelo potencial da região e vamos alavancar a produção de gás e contribuir para a segurança energética do país.", declarou o presidente da MPX, Eduardo Karrer.

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Até o final de 2014 celulares do Maranhão terão nove dígitos

Os telefones celulares de todo o estado de São Paulo (correspondente aos códigos de área DDDs 12, 13, 14, 15, 16, 17, 18 e 19) terão o dígito 9 acrescido à frente dos números atuais a partir deste domingo (25), como já ocorre na região metropolitana da capital paulista (DDD 11). Com o acréscimo de um dígito na numeração, cada código de área passa a contar com 90 milhões de possibilidades de combinações numéricas.

Durante os dez primeiros dias da implementação, as ligações com 8 dígitos ainda serão completadas. Gradualmente, para adaptação das redes e usuários, haverá interceptações e os usurários receberão mensagens com orientações sobre a nova forma de discagem.

De acordo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a medida é parte de um cronograma que implantará o nono dígito em todo o Brasil até 2016.

A partir de 27 de outubro de 2013, todos os telefones celulares dos estados do Rio de Janeiro (DDDs 21, 22 e 24) e do Espírito Santo (DDDs 27 e 28) terão o dígito 9 acrescentado à frente dos números atuais.

Até o fim de 2014, a migração será feita no Amazonas, Roraima, Pará, Amapá e Maranhão. Até o fim de 2015, a mudança chegará a Minas Gerais, Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará e Piauí.

Por último, a Rondônia, Acre, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins, Distrito Federal, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Com a mudança, o dígito "9" será acrescentado à esquerda de todos os números atuais, que passarão a contar com o formato 9XXXX-XXXX. O nono dígito não será adicionado aos números utilizados em serviços que utilizam operações tipo despacho, ou seja, conexão direta via rádio.

Saiba quanto gastou o Deputado RAIMUNDO LOURO com diárias

Raimundo Louro na cidade de São Mateus, MA na caminhada em apoio aos direitos das mulheres, juntamente com os grupos  LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros) e toda a sociedade civil que homenagearam a Lei 11.340 a Lei Maria da Penha
Assembleia Legislativa gastou com diárias o total de R$ 769.605,00 só com diárias neste primeiro semestre.

Confesso que fiquei espantado com o valor que a Assembleia gasta, e também com o valor que o deputado Raimundo Louro gastou, visto que ele é um verdadeiro andarilho.

Segundo assessoria do deputado, o mesmo, viaja todas as semanas, por todo Maranhão e atende em seu escritório político montado em Pedreiras.

Ranking das Diárias

Arnaldo Melo – R$ 60.000
Hélio Soares – R$ 28.400
Rogério Cafeteira – R$ 22.000
Carlinhos Florêncio – R$ 17.600
Marcos Caldas – R$ 14.400
Zé Carlos – R$ 14.000
Edilázio Júnior – R$ 11.600
César Pires – R$ 9.600
Stênio Rezende – R$ 8.000
Edson Araújo – R$ 6.400
Jota Pinto – R$ 6.400
Rigo Teles – R$ 6.000
Eduardo Braide – R$ 4.800
Léo Cunha – R$ 4.800
Dr. Pádua – R$ 4.400
Fábio Braga – R$ 4.400
Alexandre Almeida – R$ 3.200
André Fufuca – R$ 3.200
Magno Bacelar – R$ 3.200
Neto Evangelista – R$ 3.200
Raimundo Cutrim - R$ 2.400
Roberto Costa – R$ 2.400
Tatá Milhomen – R$ 2.400
Valéria Macedo – R$ 2.400
Afonso Manoel – R$ 1.600
Antônio Pereira - R$ 1.600
Francisca Primo - R$ 1.600
Gardênia Castelo – R$ 1.600
Max Barros – R$ 1.600
Carlos Amorim – R$ 1.200
Cleide Coutinho - R$ 800
Eliziane Gama – R$ 800
Othelino Neto – R$ 800
Rubens Júnior – R$ 800
Bira do Pindaré - R$ 0
Camilo Figueiredo – R$ 0
Graça Paz – R$ 0
Hemetério Weba – R$ 0
Manoel Ribeiro – R$ 0
Marcelo Tavares - R$ 0
Vianey Bringel – R$ 0
Raimundo Louro – R$ 0

domingo, 25 de agosto de 2013

Homem tem PÊNIS cortado por esposa após ser flagrado com outro rapaz

Vítima chegou a ser atendida, mas o órgão não pôde ser reimplantado. Caso ocorreu em Santos, no litoral de São Paulo.

Um homem de 28 anos teve o pênis decepado pela própria esposa em Santos, no litoral de São Paulo, após ser flagrado na cama tendo relações sexuais com um outro homem. A vítima chegou a ser atendida em uma unidade de saúde da cidade, mas o órgão não pôde ser reimplantado.

Segundo testemunhas, a mulher viu o marido a traindo com um rapaz, mas não falou nada na hora, já que ele não percebeu o flagrante. Dias depois, para se vingar, ela propôs uma fantasia ao homem e o amarrou na cama do casal. Com ele imobilizado, a esposa traída cortou o pênis do companheiro com uma faca serrilhada.

A vítima foi encaminhada para uma unidade de Saúde de Santos, mas o órgão sexual não pôde ser reimplantado.

O paciente não corre risco de morte e está utilizando uma sonda. A equipe médica ainda analisa o caso para definir qual o procedimento cirúrgico a ser adotado
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...