sábado, 7 de dezembro de 2013

HOJE: IX Tributo ao Rei do Baião em São Luís do Maranhão

Os amantes do autêntico forró terão neste sábado (07), mais um dia inesquecível. Acontece no Toque Italiano, na Rua do Aririzal (Turu), à partir das 15h, o IX Tributo a Luiz Gonzaga, o Rei do Baião.

Serão mais de dez horas de forró e o Tributo deste ano trará muitas atrações para garantir tanto tempo com música de qualidade. No ponto alto da festa, subirão ao palco Joquinha Gonzaga – sobrinho de Gonzagão – e Flávio José, cantor de clássicos como “Espumas ao Vento” e “Tareco e Mariola”. A apresentação de Flávio José está prevista para as 22h30.

Os ingressos já estão à venda no Toque Italiano (Rua do Aririzal – Turu), no Restaurante Matutu’s (Av. Daniel de La Touche – Cohama), na Galeria de Santaninha (Praça Deodoro – Centro), no Restaurante Mandacaru (Araçagy), no Restaurante Panela de Minas (Av. São Luís Rei de França – Turu), e no Comercial São Patrício (em frente a Igreja da Sé, Praça Benedito Leite).

Preço: R$ 30,00 (apenas na venda antecipada). Na bilheteria será vendido pelo valor de R$ 40,00.

LUTADOR DO UFC - revela que mesmo noivo não faz sexo a três anos e meio

Candidato ao cinturão dos pesos-galo é noivo, mas prefere ficar sem sexo

Um dos lutadores mais promissores do UFC, o peso-galo Michael McDonald deu uma declaração curiosa para a rádio norte-americana KMRQ Rock 96.7 ao explicar sua boa performance dentro do octógono.

Com 16 vitórias e apenas duas derrotas como lutador profissional de MMA, McDonald disse, ao lado de sua noiva, que o fato de não fazer sexo há três anos o tem ajudado em suas lutas.

"Na verdade, estou em abstinência há três anos e meio já. É um bom argumento" (que isso o beneficia nos combates), disse o lutador rindo.

Com apenas 22 anos, o americano só possui uma derrota como lutador do UFC. Ele foi finalizado pelo brasileiro Renan Barão na disputa do cinturão interino dos peso-galo, em fevereiro deste ano.

Agora, o americano tem outra parada dura pela frente, ele enfrenta Urijah Faber no "UFC Johnson vs. Benavidez 2", no dia 14 de dezembro. E mostra confiança em uma vitória.

"Eu não sei se eu vou nocauteá-lo, mas eu testei o queixo de todo mundo que já enfrentei. Urijah vai balançar. Não sei o que vai acontecer depois disso, não sei qual vai ser o final da luta, mas eu acerto todo mundo", afirmou McDonald.

Afinal, deixe de transar e seja um campeão!

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Em 2008 uma FRANCESA casou-se com seu namorado morto há um ano

Magali Jaskiewicz casou com Jonathan Goerge, morto há um ano Foto: The Telegraph / Reprodução
Uma francesa se casou, no último sábado, com o namorado morto há um ano em um acidente de carro.

Em novembro de 2008, Magali Jaskiewicz e Jonathan Goerge moravam juntos havia seis anos e já tinham duas filhas quando deram entrada nos papéis e marcaram o casamento para janeiro deste ano.

Mas dois dias depois, Goerge sofreu um acidente fatal. Jaskiewicz, no entanto, fez uso de um artigo do código civil francês que permite o casamento com uma pessoa falecida se ela já havia oficialmente dado início ao processo formal para realizar a união.

Cavalete

Apesar da lei, o casamento póstumo é raro na França, com apenas dezenas de casos registrados por ano no país.

Mas para conseguir realizar a sua união com Goerge, Jaskiewicz teve de esperar o processo passar por várias instâncias, até chegar às mãos da Presidência, que a acabou autorizando, em setembro passado.

Durante a cerimônia no último sábado, realizada na Prefeitura do vilarejo de Dommary-Baroncourt, no leste da França, Jaskiewicz usou o vestido de noiva comprado há um ano.
A seu lado, estava uma grande foto de Goerge sobre um cavalete. "Não estou muito animada para festejar", disse a noiva, após a cerimônia. "Vamos tomar um chá e vou agradecer àqueles que me apoiaram."

"Jonathan é meu único amor", afirmou. Jaskiewicz agora passa a considerada oficialmente como viúva.

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

POESIA - Aplicativos do Coração

Como os aplicativos estão na mídia e na vida de todos nós, resolvi brincar em versos com os mais conhecidos do grande público, e que logo logo, será musicado em ritmo canavalesco. Espero que gostem! Obrigado


PARA PENSAR: Saia da média (11 maneiras de ser ordinariamente mediano)

A média... muitas vezes queremos estar na média, alcançar a média, mas já pararam para pensar como esta palavra pode nos limitar? Como ela pode nos enquadrar em um grupo que simplesmente está na "média".

A média pode sim ser (e deve) um parâmetro para guiarmos melhor nossa vida de estudos, acadêmica, profissional, mas o fato é que ela não pode ser o objetivo almejado.

Fazer o que todo mundo faz, obter os mesmos resultados que a maciça maioria das pessoas atingem é estar na média! Isso te basta?

Reflita: Você realmente deseja viver uma vida inteira na ordinária média, sem desafios, sem aquele tempero que te impulsiona, que te faz sentir vivo?

Saia da média, mude, se transforme, recicle seus conceitos diariamente e principalmente, faça diferente!

001
002
003

Cientistas desenvolvem pílula anticoncepcional MASCULINA

A tão aguardada 'pílula anticoncepcional masculina', capaz de evitar que o homem engravide a mulher, pode estar mais perto de chegar às farmácias. Cientistas australianos anunciaram que descobriram uma forma de interromper a liberação de espermatozóides de forma reversível, sem afetar o desempenho sexual. Testes realizados em ratos comprovaram a eficácia da pílula e os animais não sofreram efeito colateral. Após a interrupção do medicamento, eles voltaram a produzir prole normalmente.

A pílula apaga geneticamente duas proteínas (alfa1A-adrenérgico e P2X1-purinoceptor), capaz de bloquear a liberação de espermatozoides durante o ato sexual.

Testes anteriores com pílulas anticoncepcionais alteravam o sistema hormonal. Os testes realizados em ratos mostravam efeitos colaterais.

Nyke tira o nome BRASIL da camisa da seleção

Lançado no último dia 24 com festa no Rio, o novo uniforme da seleção brasileira desrespeita o estatuto da CBF. A retirada da palavra "Brasil" logo abaixo do tradicional símbolo desobedece o documento que regula o funcionamento da entidade.

Na teoria, o modelo atual da camisa não poderá ser usado pelos jogadores no dia marcado para a sua estreia: em março, contra a África do Sul, em Johannesburgo.

A inscrição constava no uniforme da seleção desde a Copa de 1982. O modelo com a gola em Y foi desenhado pela multinacional de marketing esportivo para ser usado pela seleção no Mundial do próximo ano.

A exclusão do nome do país não é permitida, segundo o capítulo três do estatuto, que trata dos "símbolos e insígnias" da entidade.

O inciso segundo do artigo oito define os parâmetros do famoso símbolo da CBF e afirma que a palavra "Brasil" tem que figurar na parte inferior "em cor verde e na parte superior o número de estrelas representativa de conquistas de Campeonatos Mundiais".

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Aprovada pelo Cade a venda da OGX Maranhão para a empresa paulista Cambuhy

Operação envolve um aumento de capital de R$ 200 milhões na OGX Maranhão, valor que será pago pela Cambuhy e pela alemã E.ON.

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou ontem a venda da OGX Maranhão para a empresa de investimentos paulista Cambuhy, que tem como um dos sócios a família Moreira Salles, que controlou, até 2007, o Unibanco, antes da fusão com o banco Itaú. 
A operação foi aprovada sem restrições e anunciada no fim do mês de outubro.

Antes da operação, a OGX, do empresário Eike Batista, tinha 66,7% de participação na OGX Maranhão, que possui blocos exploratórios terrestres na Bacia do Parnaíba e fornece gás para abastecer usinas de energia térmica.

A operação envolve um aumento de capital de R$ 200 milhões na OGX Maranhão. O valor será pago pela Cambuhy e pela alemã E.ON, que é sócia majoritária da Eneva, permitindo a entrada da Cambuhy Investimentos, fundo de private equity, no negócio. Já a Eneva (ex-MPX), que detém 33,3% do empreendimento, e a OGX, não participarão do aumento de capital e serão diluídas.

A entrada de dois sócios na operação foi fundamental para que o acordo fosse fechado. A Eneva não possui dinheiro suficiente para fazer a aquisição e tocar, sozinha, os investimentos necessários no projeto, segundo apurou a Folha. Com o dinheiro novo injetado pelos sócios, a OGX Maranhão terá recursos para desenvolver os seus projetos.

Dívida - Também foi fechado um acordo com os bancos credores do empreendimento para a rolagem da dívida de R$ 600 milhões da OGX Maranhão. O empréstimo, que venceria em janeiro do ano que vem, agora deve ficar apenas para janeiro de 2015.

A OGX precisa muito de dinheiro novo para seguir operando enquanto está em recuperação judicial. Nas contas da própria petroleira, ela ficará com caixa negativo de cerca de R$ 95 milhões (US$ 43 milhões) na última semana do ano. A expectativa das pessoas envolvidas no negócio é que o acordo seja aprovado, pelo menos parcialmente pelo juiz, e que esse dinheiro esteja disponível para a OGX em dezembro.

O processo de recuperação judicial protege legalmente a OGX, que pode suspender temporariamente seus pagamentos enquanto prepara um plano de reestruturação. Nesse intervalo, ela não pode quebrar. Por isso, o dinheiro da venda da OGX Maranhão é tão importante.

A Triste Ironia do Mundo REAL

Nós vivemos em um mundo que, quando visto do ponto certo, pode ser retratado como uma obra de ironia e sarcasmo, afinal são tantas as contradições e situações quase inacreditáveis que, muitas vezes, uma crítica sarcástica é o que temos de mais perto da realidade.

É assim que Pawel Kuczynski cria suas obras, retratando esse mundo que muitos não veem ou simplesmente ignoram:


Esse é o nosso mundo!

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Programa do Miza e a Torcida Carcará de PEDREIRAS em São Luís - 1ª Parte (veja o vídeo)

CQC - Caia Quem Cair de Pedreiras e Trizidela do Vale-Ma
Apresentador Miza

O Cantor LOBÃO agride Dilma no Roda Viva: "Inapta e Estúpida" (veja o vídeo)

Colunista de Veja, o cantor Lobão foi o entrevistado no Roda Viva na noite de ontem, em sua nova fase, sob o comando de Augusto Nunes; no programa, não faltaram agressões à presidente Dilma Rousseff; "Dilma é completamente inapta, não sabe falar, não sabe fazer nada. É de uma estupidez galopante", disse o músico; "nem tomar sorvete na testa ela vai conseguir, porque não vai conseguir mirar a própria testa", continuou, antes de se definir como "ex-petista"; ele afirmou ainda que a "Revolução de 64" safou o Brasil de "algo bem pior", referindo-se à chamada "ameaça comunista"; ídolo do rock nos anos 80, Lobão hoje joga no time neocon

O PROGRAMA RODA VIVA, HOJE SOB O COMANDO DE AUGUSTO NUNES, COLUNISTA DE VEJA E MILITANTE POLÍTICO, JÁ VIVEU DIAS MELHORES. NA NOITE DE ONTEM, O ENTREVISTADO DO PROGRAMA, PAGO PELO GOVERNO DE SÃO PAULO, FOI O CANTOR LOBÃO, TAMBÉM COLUNISTA DE VEJA E AUTOR DO LIVRO "MANIFESTO DO NADA NA TERRA DO NUNCA".

Na atração, conduzida pelo jornalista que classifica a presidente Dilma como "neurônio solitário", não faltaram agressões. "Dilma é completamente inapta, não sabe falar, não sabe fazer nada. É de uma estupidez galopante", disse Lobão, que se classificou como um "ex-petista". Lobão disse ainda que Dilma seria incapaz de tomar sorvete na testa, "porque não vai conseguir nem mirar a própria testa".

Lobão também aproveitou o espaço para defender o golpe militar de 64. "Pelo que vejo das ditaduras comunistas, de Cuba, da ex-URSS, Venezuela, tudo indica que a gente se safou de algo muito pior."Ele afirmou ainda que o ex-presidente João Goulart fugiu – e não foi deposto. "Por que ele não ficou?", perguntou. 

Na mesma entrevista, ele voltou a atacar aqueles que define como "rebeldes chapa branca". Seriam eles Pablo Capilé, do coletivo Fora do Eixo, e Mano Brown, dos Racionais MC´s. Lobão afirmou ainda que uma das maiores bobagens de sua vida foi ter apoiado Lula em 1989.

Veja o vídeo

A Sorte está Lançada - por Allan Roberto

E chegou dezembro. O ano velho se finda e o novo se aproxima. A maioria das pessoas durante essa semana quando se perceber já em dezembro dirá assustada que 2013 passou muito rápido. Verdade. Passou rápido. Mas não mais rápido que os demais anos anteriores. Todos no mesmo ritmo cronológico. Apenas nossa percepção é que varia conforme nosso estado existencial do momento. Mas a vida é assim mesmo – efêmera, transitória, passageira... rapidamente passageira. E tudo nela também. Quando menos se espera, já passou. E existe coisa mais efêmera que o poder e seu exercício. Esse mesmo é que passa rapidamente.

E por se falar em tempo de exercício do poder, já vamos ter o aniversário de um ano da atual gestão municipal – o “governo Totonho Chicote”. Se essa gestão fosse uma pessoa destinada a viver 100 anos, esse indivíduo agora faria 25 anos, ou seja: vai-se completar um quarto do tempo total do governo, 25% de seu tempo previsto legalmente para durar. E trata-se de um governo eleito com enorme expectativa popular sobre si e para com seu desempenho, um governo que travou uma aliança de responsabilidade social de grande amplitude durante a campanha eleitoral e que assumiu com o povo de Pedreiras um compromisso irrevogável com o progresso social, político e administrativo para nossa cidade, pois capitalizou como nenhum outro ente afim nos últimos 20 anos o sentimento de renovação, mudança e esperança de nosso povo. Portanto,por todas essas razões que o fazem de importância histórica ímpar, faz-se necessário uma profunda e vasta avaliação político-administrativa desse governo em seus vários aspectos e por vários prismas: técnico, político, administrativo, social, institucional e popular.

Vivemos numa sociedade livre e em pleno estado democrático de direito. A coisa pública, como o nome já diz, é de todos. Os agentes políticos que a ela administram são apenas procuradores do povo para exercerem um poder político e administrativo que é desse povo de forma legítima, intocável e sem nenhuma chance de usurpação indevida e que ele delegou para que o exerçam em benefício da coletividade de forma justa, honesta, transparente e eficiente.Nada mais normal e necessário do que uma análise do primeiro ano de uma gestão pública tão almejada e observada.

Mesmo que eu esteja somente com 42 anos, tenho um curso de vida política algo extenso. Sou cidadão pedreirense por naturalidade e iniciei minha vida política aos 17 anos no movimento estudantil secundarista em São Paulo em 1987, militei no Partido dos Trabalhadores-PT da campanha vitoriosa de Luíza Erundina à Prefeitura de São Paulo em 1988 até 1998; passei ainda pela política estudantil como dirigente do centro acadêmico de minha faculdade e depois como dirigente da Direção Executiva Nacional dos Estudantes de Medicina-DENEM-Sudeste e da União Nacional dos Estudantes-UNE. Retornando a Pedreiras, fui militante dos movimentos sociais e políticos da região desde 1996; em 2000 fui eleito o vereador mais votado daquele pleito eleitoral municipal e fui Chefe do Poder Legislativo Municipal desse município nos 04 anos daquela legislatura; fui secretário municipal no primeiro ano do governo Lenoílson Passos;sou ex-presidente de partido político, ex-coordenador de campanhas eleitorais municipais e regionais.Nas articulações políticas pré-convencionais e da pré-campanha municipal que elegeu o atual governo, fui articulador da aliança que garantiu o apoio do grupo político do deputado Raimundo Louro à candidatura Chicote, selando irreversível e inequivocamente a viabilidade eleitoral daquele projeto.
Somente por ser cidadão pedreirense tenho legitimidade para tanto. Por ter empenhado apoio político à candidatura que se fez governo, mais ainda. E meu curriculum vitae político me habilita à missão.

Na verdade, vários cidadãos, agentes políticos, lideranças do governo e da oposição vêm me conclamando a fazer isso há uns 60 dias, apesar de eu já estar disposto a fazê-lo desde o início da gestão. O mesmo fiz no governo Lenoílson nos primeiros 100 dias. O processo democrático carece dessas análises conjunturais para se consolidar. Os governos idem. A dialética é imprescindível para o bem governar.

Encaminharei até 15 de dezembro a todos os detentores de cargos do primeiro e segundo escalões do governo, aos vereadores, às lideranças e segmentos da oposição, às entidades da sociedade civil organizada e demais lideranças populares e instituições um expediente em que solicito a opinião desses agentes políticos e suas impressões conjunturais e específicas sobre o governo municipal nesse primeiro ano, seus avanços, inovações, progressos, realizações, deficiências, retrocessos, dificuldades, potencias, limitações e o ainda a fazer. Espero que o pessoal do governo efetiva e massivamente responda para que possamos tê-lo bem analisado em todos os aspectos, pois uma análise política não se faz apenas ouvindo um ou dois lados e nem sem dados objetivos e reais. Mas de uma forma ou de outra será realizada, contribuindo ou não como deve cada ator desse processo coletivo.

Reconheçamos que o governo passa por percalços como qualquer outro em seu primeiro ano. Governar não é tarefa fácil. E o primeiro ano é o mais difícil. Mas o que de fato está acontecendo que faz a sociedade andar tão frustrada com a gestão atual? Não é cedo para tantas críticas e desolação? O que prenuncia que é tão grave e pode ser irreversível para comprometer o sucesso político e administrativo de Totonho? Será se a expectativa popular é exagerada perante a realidade financeira, funcional e administrativa do município e a possibilidade real de executar o que se espera tanto do governo? Há descompromisso, corrupção, ingerência, incompetência? Pretendo analisar tudo isso e muito mais, área a área, aspecto por aspecto, figura por figura do governo e do panorama político local. Com certeza a análise vai gerar um relatório extenso, que poderá ser publicado de uma só vez ou por partes. A publicação será em qualquer data de janeiro próximo nessa coluna e nas demais que escrevo e estará também disponível nas redes sociais e veículos de imprensa locais. Qualquer cidadão, identificando-se ou não, poderá contribuir com informações, opiniões e documentos que dispõe e que venham a contribuir para o propósito enviando-me para meus e-mails abaixo informados. Aos que se identificarem e exigirem sigilo terão resguardados esse direito.

Não pretendo cometer injustiças nem fugir á verdade. Não tenho medo de quaisquer represálias. Muito de perder empregos. Não alieno, alugo ou vendo minha consciência por nada. Represálias já vieram sobre mim no governo Edmilson, Raimundo e Lenoílson e eu sobrevivi a elas. Eles deixaram de ser prefeitos e eu nunca deixei de ser Allan e médico. Só temo a Deus e não tenho compromisso com o erro nem sou refém de qualquer governo ou liderança política. Tenho valor; não tenho preço. Acredito em Deus, na vida, na justiça e no ser humano como expressão maior do poder divino. Sendo assim, que não me entendam mal, um lado ou outro, pois só estou cumprindo o meu papel de cidadão e usando os meus talentos naturais em benefício de todos. Que os pistoleiros ideológicos venham! E que se inicie o debate. Alea jacta est!!!

Allan Roberto Costa Silva, médico, ex-Vereador-Presidente da Câmara Municipal de Pedreiras, membro da Academia Pedreirense de Letras-APL e da Associação de Poetas e Escritores de Pedreiras-APOESP. E-mails: allanrcs@bol.com.br e arcs.rob@hotmail.com

domingo, 1 de dezembro de 2013

SANTA CRUZ x SAMPAIO CORRÊA fazem decisivo e derradeiro duelo por título da Série C

Tricolor pernambucano precisa vencer para ser campeão; os maranhenses ficam com o título até se empatarem e 0 a 0 levam a partida aos pênaltis

No início da noite deste domingo, uma parcela da torcida pernambucana ou maranhense estará em festa pelo título da Série C. É que Santa Cruz e Sampaio Corrêa entram em campo para decidir quem será o campeão do torneio. A partida está marcada para às 17h (horário de Brasília) e ocorrerá no estádio do Arruda, no Recife. O duelo será transmitido pelo SporTV 2 com narração de Rodrigo Raposo e comentários de Carlos Eduardo Lino.

Como o primeiro duelo da final foi 0 a 0, o Santa Cruz precisa vencer se quiser ser campeão. Em seu favor, o time terá a torcida cora, que deve lotar o Arruda. O Sampaio, por sua vez, conta com a possibilidade do empate. Basta que o placar seja igual a partir de 1 a 1 para o time garantir a taça. Se o resultado do primeiro jogo se repetir, os jogadores decidirão em cobrança de pênaltis quem fica com a faixa de campeão.

Logo após o primeiro jogo entre Santa Cruz e Sampaio, o técnico Vica afirmou que não faria treinos secretos. No entanto, o treinador da Cobra Coral fechou o último treino e afirmou que a escalão será divulgada apenas minutos antes da partida. Sem André Dias, o artilheiro do time, a principal dúvida é no ataque, que deve ser formado por Flávio Caça-Rato e Siloé, já que Dênis Marques foi barrado pelo treinador por indisciplina.

Estou com o meu time definido, mas prefiro não passar para vocês agora. Tenho três alterações certas do time que vinha jogando, mas iremos segurar as modificações.

A provável equipe do Santa Cruz deverá ser formada por Tiago Cardoso; Oziel, Everton Sena, Renan Fonseca e Tiago Costa; Sandro Manoel, Dedé, Luciano Sorriso, Renatinho e Natan; Siloé e Caça-Rato.

Para o jogo decisivo contra o Santa Cruz, o Sampaio contará com o retorno do zagueiro Mimica e do atacante Leandro Kível, que cumpriram suspensão no primeiro jogo decisivo. A única baixa do técnico Flávio Araújo será o zagueiro Paulo Sérgio, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, que será substituído por Robinho.

Com o retorno de Leandro Kível, o atacante Junior Chicão, titular no primeiro jogo da final, deverá ficar como opção no banco de reservas. Com isso, o provável time do Sampaio contará com Rodrigo Ramos; Tote, Robinho, Mimica e Airton; Jonas, Arlindo Maracanã, Eloir e Cleitinho; Lucas e Leandro Kível.

Responsável por boas defesas no primeiro jogo, o goleiro Rodrigo Ramos ressalta que o time do Sampaio está pronto para a decisão.

- O nosso grupo está muito confiante. Mas claro, com respeito ao Santa Cruz, que assim como a gente tem tradição e chegou até aqui. Mas o nosso foco é voltar de lá com o título da Série C

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...